terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

DOM ELISEU, CARNAVAL E COMPROMISSO

O melhor é patrocinar festas ou gerar emprego e renda?

As personalidades e pessoas comuns
da cidade precisam se esforçar 
para melhorar o debate em
torno da cidade que queremos
 
WALQUER CARNEIRO

A proximidade da eleição municipal incentiva as conversas sobre política, e nesse momento o indivíduo verbaliza suas preocupações e interesse em relação à cidade onde mora, e invariavelmente as conversas apresentam reflexo das seqüelas que ficaram provenientes da disputa na eleição anterior. Porque o fulano isso, o beltrano aquilo, o sicrano aquilo outro, e por ai a fora. E foi em uma dessas conversas que eu fiquei preocupado com a qualidade cultural e objetivo de pessoas que se dizem amar e ter compromisso com essa cidade.

Tudo aconteceu num almoço na casa de um amigo, que por sinal é pré-candidato a prefeito nesta eleição, em volta da mesa, onde estava sendo servida uma lauta feijoada, umas oito pessoas conversavam amenidades, até que em determinado momento o assunto passou a ser política administrativa municipal, e, como não podia deixar de ser, algumas críticas foram tecidas sobre a atual administração, abordando o fato do prefeito ter patrocinado os abadás para o bloco dos Alterados, e lembraram também o fato do poder público municipal não ter planejado um evento para o carnaval neste ano.

– Isso está desqualificando a nossa cidade, a tradição do carnaval -, disse alguém recebendo a concordância da maioria ali na mesa onde todos foram unanimes em afirmar que esperavam que a prefeitura fosse contratar umas duas bandas ou trios elétricos, e blá, blá, blá, blá, blá,blá..., até que alguém lembrou que em maio é o aniversário da cidade e a conversa ficou animada.

–É...Vamos ver se esse prefeito é bom mesmo! No aniversário da cidade ele não pode fazer feio, ainda mais que é ano eleitoral-, disse um gaiato esperando que a prefeitura contrate umas bandas boas e ta-les coisas... – É mesmo, faz tempo que Dom Eliseu não vê umas bandas boas!!-, disse outra comensal.
Foi então que um jornalista e apresentador de televisão da cidade, de forma lúcida, resolveu dar seu pitaco, mudando o rumo da conversa.

- Negócio de ficar gastando dinheiro com blocos de carnaval, bandas caríssimas! Isso não dá resultado não, - enfatizou o jornalista, prosseguindo: - Um prefeito bom tem é que fazer projetos para atrair empresas e gerar emprego na cidade. – disse peremptório e de forma séria o apresentador de televisão, e continuou:
- O dinheiro que é gasto com a contratação de bandas e patrocínios para festas, que chega a mais de trezentos mil por mês, tem é que ser investido na criação de um departamento de indústria e comércio e montagem de uma equipe para pesquisar empresas que possam ter interesse na região, - disse o jornalista calando-se em seguida e esperando que alguém concordasse com ele, porém apenas eu comentei que na atual situação não podemos ficar exigindo gastos com festas.

Contudo nem mesmo o pré candidato a prefeito que estava sentado à mesa teve a coragem de discordar da maioria, e foi neste momento que senti que nossa cidade vive um momento de baixa qualidade na reflexão sobre o município que queremos, porque as pessoas naquele mesa, em tese, diziam ter compromisso com o município, todavia não tiveram a capacidade de ampliar o debate sobre proposta feita pelo jornalista apresentador de televisão. Ao contrário, alguns minutos depois ninguém lembrava mais que Dom Eliseu está passando por uma crise de emprego e na economia. A maioria naquela mesa, naquele dia, optaram por continuar falando sobre festas, baile do havaí, carnaval, shows, e blá, blá, blá, blá, blá, blá...Pobre Dom Eliseu. Pelo visto vai continuar ao deus dará...

Um comentário:

  1. gostaria apenas de dizer que a prefeitura tem varias secretarias e todas elas tem recurso para destinado evento, um exemplo é a secretaria de cultura que tem recurso para aniversario da cidade, carnaval,exposição, feiras e etc... se não foi feito o carnaval onde esta o dinheiro? Se o prefeito quisesse daria para fazer festa porque nestes eventos também se gera empregos indiretos e movimenta a cidade mas ele dis não esta preocupado pois acha que esta eleito e disse que nen precisa de vice para compor chapa....RRRSSSS

    ResponderExcluir