segunda-feira, 12 de junho de 2017

TEMPO


domingo, 11 de junho de 2017

PRODUÇÃO É IMPORTANTE


sábado, 18 de fevereiro de 2017

EUA, DISSEMINANDO CORRUPÇÃO

A história que ninguém conta sobre corrupção Norte Americana

O governo dos Estados Unidos em 

união com setores empresariais 
fomentam a corrupção em 
alta escala no planeta todo

RUBEM GONZALEZ





Provavelmente você tem amigos, e se tem amigos provavelmente eles são de classe média pois é normal de quem se dá ao trabalho de ler o que eu escrevo ser de classe média ou ao menos o que se esperaria ser uma classe média, se não econômica ao menos cultural.

Esses seus amigos de classe média mui provavelmente é composto por 99% de brasileiros e portanto é bem provável que essa seja a taxa aproximada de idiotas, imbecis e consumidores de notícias e enlatados da grande mídia entre todos eles, na realidade nós mais a esquerda somos ilhas cercada por oceanos de idiotas.

Porém graças a um trabalho nem tão bem feito de moralização movido por um bando de criminosos infiltrados na justiça, insuflados por uma mídia historicamente corrupta e movida a grana , uma categoria política que faz um presídio de segurança máxima um santuário e babacas aso milhões nas ruas chegamos a equação perfeita.

Some-se a isso uma presidente parva que achava estar gerenciando uma loja de produtos de 1,99, um grupo de ministros e assessores que na minha singela opinião oscilavam entre a pura incompetência e o fosso do dolo pecuniário, que recebeu o título de coração valente quando na realidade tirando a expressão autista nada mais mostrou de mérito de resistência.

Bem, encurtando o assunto para não entrar em extensas e inúteis delongas que só irão me desgastar inutilmente entre new lefts que acham que eu por ser de esquerda e ser simpatizante do PT sou obrigado a aceitar tudo que dela emanou como verdade absoluta e que não possuo o direito de discordar ou criticar a quem quer que seja.

Escrevi tudo isso como introdução ao tema básico que é tal da Lava - Jato, tão decantada em verso e prosa por esses nossos amigos lá dos primeiros parágrafos. Exército de idiotas não raro portadores de diplomas de terceiro grau, pós graduações, doutorados mas que na realidade não passam de "idiot savant" que é a definição clássica de quem apenas entende - as vezes nem isso - da sua área profissional.

Essa nossa classe média midiotizada foi induzida a pensar que está fazendo história, pessoas nunca em sua vida pesquisaram ou se aprofundaram sobre assunto nenhum, muitos deles se esforçaram apenas para decorar pilhas de livros para como primatas treinados em zoológicos e circos para se habilitarem um concurso e se aboletarem em altos cargos ao mesmo tempo em que o povo em geral traduz isso como competência e sabedoria.

Bem, chegando a vaca fria e usando como público alvo esses imbecis podemos parafrasear que a Lava - Jato é um modelo de combate a corrupção importado por um juizeco inculto dos EUA como uma panacéia de combate a corrupção pois segundo consta esse modelito de prender, arrebentar, destruir a empresa e humilhar os empresários é um padrão na terra de Uncle Sam.

Avise para o tolo amigo, para o diplomado primo ou para o pós graduado em picas de porra nenhuma do seu conhecido que ele não passa de um bosta, de um idiota, de um inculto, de como eu já citei acima não passa de um chimpanzé treinado que se acha capaz e competente, que talvez até balbucie algumas palavras em inglês mas isso até os papagaios de lá fazem.

Os EUA promovem e promoveram desde sempre a corrupção no planeta, essa roubalheira generalizada nada mais é do que uma operação padrão tipicamente americana para qualquer tipo de negociação envolvendo empresas do norte, é assim que eles ensinaram o mundo capitalista a se mover, corrompendo, roubando , matando , derrubando aviões - te lembra algo? - e assim estendendo seus tentáculos sobre o planeta.

Se nos EUA fosse desencadeada verdadeiramente uma Lava - Jato poderiam cercar o país e inverter a população, os bandidos e envolvidos do lado de fora e os honestos do lado de dentro, haja vista que a sua economia é baseada nisso, corrupção, corrompimento, fraudes e atos criminosos em geral. Fora que obviamente eles jamais puniram ou puniriam uma empresa nacional por causa disso em tempo algum.

Mas tudo isso ficaria vago para você discutir com esse notório imbecil que como tem um diplominha ou uma pós furreca e por estar no Brasil esse projeto de retardado aculturado irá querer tirar a melhor em cima da situação pois é comum esse tipo de gente usar o seu diploma de merda e o seu caráter do mesmo material como desempate, então segue abaixo um exemplo clássico.

Então vamos lá: Década de 50, guerra fria se aproximando do seu auge, apesar da propaganda massiva espalhada por toda a mídia ocidental os aviões de caça russos eram muito superiores , mais baratos, mais fáceis de produzir e mais confiáveis que os caças americanos. Isso era uma pedra no sapato de todos.

Então a poderosa Lockheed, fabricante de aviões desenvolve um projeto ousadíssimo de um caça revolucionário, algo que transformará os MIG , Sukhois e Iakolevs em aviões obsoletos. é assim que para encurtar o assunto nasce o F-104 Starfighter, um avião além do seu tempo, um avião revolucionário do tipo que eles falam e alardeiam ser o tal do F-35 steath nos dias de hoje.

O problema é que apesar dos bilhões de dólares em valores corrigidos não conseguiam esconder a realidade dos fatos: O avião era uma merda. Pior que uma merda, era um avião perigosíssimo. Um avião tão perigoso que os próprios pilotos os temiam. Porém a merda só estava começando pois alguém tinha que pagar o pato dessa aventura.

E assim a Lockheed ganhou o mundo, seus diretores , generais do pentágono, ministros e adidos militares caíram literalmente em campo para vender a jabiraca pelo planeta afora e como é padrão nos EUA e suas políticas externas a preferência reacaiu por enrabar as nações "amigas", eles são mestres em fuder os seus aliados.

O sucesso de vendas foi enorme, um sucesso absoluto, com o advento de malas e malas de dólares, o suborno de ministros, o suborno de júizes, de autoridades diversas e até de primeiros ministros e presidentes foram levados a cabo por essa imensa força tarefa de bandidos ianques, todos eles ligados umbilicalmente a casa branca.

Nem mesmo o primeiro combate real, a prova de fogo aonde uma esquadrilha de uma dúzia de F-104 paquistaneses enfrentou uma esquadrilha de oito Mig 21 indianos aonde foram dizimados pelos caças de fabricação soviética com nove perdas contra nenhuma dos caças vermelhos foi suficiente para arrefecer os ânimos das negociatas que se desenvolviam mundo afora, sem contar que um MIG 21 custava menos de um terço de um F-104.

O negócio ficou feio na Alemanha pois a Luftwaffe precisava reequipar suas esquadrilhas e pelo visto as autoridades e militares de alta patente precisavam reequipar as suas contas bancárias e esse balde de lixo com asas foi escolhido para a missão de reequipar toda a força aérea do país, que a essa época já era um bom tapete para o Uncle Sam limpar a merda das botas.

O negócio ou negociata só veio a público efetivamente porque existia um comandante de esquadrilha na Luftwaffe que era o maior herói da segunda guerra mundial alemão, Erich Hartmann o maior ás de todos os tempos que abateu 352 aviões aliados, um prussiano não nazista que desde o primeiro dia se opôs ao caça por ter certeza que além da falcatrua o mesmo era um péssimo avião.

O embróglio foi tão pesado que simplesmente Hartmann pediu baixa da Luftwaffe depois que o negócio ou negociata foi sacramentada envolvendo bilhões e bilhões de dólares e finalmente o Starfighter F-104 virou o caça padrão da força aérea alemão, inclusive para alívio da União soviética que tinha como oponente agora no seu flanco oeste um avião que simplesmente fora reprovado em todos os quesitos.

Bem, encurtando mais a história a Lockheed subornou, comprou e deu propinas via todos seus representantes oficiais e do governo dos EUA para o Canadá, Arábia Saudita, Japão, Itália, Paquistão, Alemanha e Holanda entre outros países menos votados. Incluiu-se aí também no embróglio corrupto o L-1011 Tristar, outro jato só que de passageiros amaldiçoado também.

Para encurtar a empresa foi denunciada em todos os quadrantes do planeta, num volume de dinheiro, grana e propinas envolvendo de presidentes e generais que faria a operação Lava - Jato virar mangueira de jardim, deputado japonês se suicidou no plenário, assassinatos foram cometidos, obviamente aviões caíram - isso até que era normal para os aviões da Lockheed - e aconteceu de tudo um pouco.

Claro que nem é preciso dizer que ninguém foi em cana nos EUA, que ninguém foi processado por porra nenhuma, que a empresa continuou livre, leve e solta. Que isso é uma prática normal nas relações comerciais americanas e que cada país que se foda pra lá com seus problemas pois não são eles que vão prejudicar os interesses e os empregos do seu povo.

Para encerrar o assunto cumpre informar que fora a corrupção desenfreada, ainda ficou a marca de sangue pois acertadamente Hartmann profundo e apaixonado aviador não queria aquele lixo radioativo na sua amada Luftwaffe, foram exatos 282 acidentes de perda total com essas aeronaves , com a impressionante marca de 115 pilotos alemães mortos por esse avião.

Os números não terminam por aí não, de cada dois F-104 Starfighter canadense um se acidentou com perda total, esses números assustadores de perdas e mortes se espalharam pelo mundo com impressionante regularidade dando a funesta aeronave dois apelidos pouco elogiosos , o primeiro de fábrica de viúvas e o segundo mais elegante de "Ataúde Voador".

Uma bela homenagem a uma página negra, mas apenas uma , das relações comerciais dos EUA com seus aliados e "amigos", note-se bem que Israel, os sionistas jamais operaram esse aparelho, eles foram reservados apenas para os amigos. Assim como diga-se de passagem a nossa Lava - Jato.