terça-feira, 30 de abril de 2013

# ORGANIZAR A INDÚSTRIA LOCAL #

Capacitação dos empresários para aprimorar indústria 

Sebrae oferece estratégias que possibilita 
a organização da estrutura econômica 
permitindo ao município 
potencializar o setor industrial 

WALQUER CARNEIRO 

A indústria é fundamental para a manutenção da cadeia econômica e empregos de uma região, de maneira que todos os municípios têm que se preocupar em organizar e fortalecer a capacidade produtiva local. Em Dom Eliseu a categoria produtiva está presente, mas ainda não descobriu, de fato, a sua importância e força. 

Esse cenário foi levantado a partir de uma pesquisa do Sebrae, que em parceria com a administração municipal e a sociedade civil organizada resolveram promover a implantação do Projeto Indústria no município. 

Em uma reunião preliminar com o gerente adjunto do escritório do Sebrae da regional do Rio Capim, Igor Silva, foi delineado as ações a serem aplicadas ao desenvolver o projeto que objetiva criar ferramenta que possibilite um modelo tecnológico para otimizar e organizar a produção. “O setor industrial de Dom Eliseu tem peculiaridades, que nesse primeiro momento estamos conhecendo, e a ideia e que a gente traga soluções efetivas para melhorar a atividade industrial”, considerou Igor. 

O setor produtivo empresarial no município é composto, em sua maior parte de pequenas empresas nas áreas da construção civil, moveis e objetos em madeira, metalurgia e confecções que são tocadas de forma amadorística, mas que podem ser potencializadas a partir do momento que haja um incremento no setor. 

“Nós temos vários planos, e o primeiro diagnóstico local apontou uma série de problemáticas que podem ser trabalhadas em setores como planejamento financeiro, propaganda, atendimento e motivação dos funcionários. Nós temos muito trabalho pela frente, mas a gente precisa ter essa decisão das empresas”, explicou Igor. 

A intenção do Projeto Indústria será trabalhar a primeira etapa com 21 empresas, e para tanto já foi definida uma agenda de trabalho para este ano. “Nosso papel é conhecer essas empresas, identificar nelas o potencial e ajudar elas neste desenvolvimento”, finalizou Igor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário