terça-feira, 2 de agosto de 2011

LATÃO DE LIXO PERIGOSO

Latão de lixo põe em risco a saúde do trabalhador e do transeunte

Na esquina da Avenida Jk
com a Rua Brás de Aguiar
o latão está apoiado no meio fio

WALQUER CARNEIRO

A prefeitura municipal de Dom Eliseu tomou algumas atitudes importantes para  auxiliar na limpeza urbana, e uma delas foi colocar recipientes para que a população possa jogar o lixo dentro e não no meio da rua. Os recipientes têm a capacidade para duzentos litros, e podem conter até 80 quilos de lixo leve.


Muito boa a iniciativa, no entanto dois pontos têm que ser observados e levados em conta pelos coordenadores da limpeza urbana. O peso dos recipientes tem um peso que excede a capacidade dos servidores que trabalham na coleta para levantá-los, e outro problema é a fragilidade dos pés que sustentem o recipiente que não suporta o peso mesmo.

Na esquina da Avenida Jk com a Rua Brás de Aguiar há um desses recipientes com um dos pés quebrados, e que para mantê-lo em pé é necessário apoiá-lo no meio fio, o que faz com que uma parte do objeto fique tomando a rua pondo em risco as pessoas, veículos e ciclista que por ali trafegam.

Há a necessidade dos responsáveis tomarem urgentes providências para facilitar o trabalho dos coletores de lixo e cuidar para que o latão não fique na rua. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário