sábado, 28 de abril de 2012

JOAQUIM ABSOLVIDO DEFINITIVAMENTE

Prefeito Joaquim consegue se livrar de processo

Depois de mais de três anos respondendo
na justiça por supostas
irregularidades campanha eleitoral de 2008
Joaquim é definitivamente inocentado

WALQUER CARNEIRO

Nesta sexta-feira (27) o Tribunal Regional Eleitoral do Pará se reuniu mais uma vez, e desta feita o município de Dom Eliseu outra vez estava presente nos tramites processual daquela instituição da justiça do Pará nas pessoas de Gersilon (Silon) Silva da Gama, Joaquim Nogueira Neto, Francisco Manoel de Aquino (Didi) e Jefferson Deprá. Todos envolvidos no processo de cassação dos membros majoritários da coligação do PMDB que concorreu à eleição para prefeito em 2008. 

Silon, que foi o principal adversário de Joaquim Nogueira, é parte do processo como recorrente, questionando na justiça a legitimidade da eleição de Joaquim em 2008. Sendo que por quatro vezes a justiça deu ganho de causa para Joaquim, já que o intento do recorrente e seus aliados era que Joaquim fosse retirado da prefeitura, todavia o máximo que conseguiram foi a inelegibilidade do prefeito por três anos a partir de 2008, sendo que o TRE lhe concedeu o direito de recorrer na função do cargo. 

Em 2010 o processo de cassação de Joaquim foi parar na terceira instância, em Brasília, onde Silon pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que processo fosse devolvido para o Tribunal Regional Eleitora do Pará (TRE) para corrigir a sentença. O TSE atendeu ao pedido de Silon e devolveu o processo para Belém onde o pleno do tribunal, em um colegiado de cinco juízes, decidiu, por unanimidade, (5 votos a favor e nenhum voto contra) pela inocência dos acusados mantendo o prefeito com seu vice e o vereador Jefferson em seus cargos, sendo que ao prefeito Joaquim foi dado o direito de também concorrer a eleição deste ano.    

2 comentários:

  1. General de Alta Patente diz:

    O Silon é um caso raro do político que conseguiu perder por quatro vezes uma mesma eleição. A primeira no tempo regulamentar, e as outras na prorrogação. Em cada derrota ele perdeu 500 votos, de forma que ele vai para essa eleição com uma considerável defasagem de votos, pois na sexta-feira já tinha gente questionando a capacidade do Silon em articular junto aos deputados, senadores e governador, ainda mais que foi postado no facebook uma foto do Joaquim junto com o Senador Nilson Pinto comemorando a vitória de sexta-feira.
    O Silon que se cuide, pois periga o Gastom tomar o seu lugar.

    ResponderExcluir
  2. parabens ao prefeito joaquim ja e quarta que ele ganha.e agora como fica pe de pato/portugues/genilson/cludia/buduia/jerfeson depra/ daniel /walker carneiro/ mancha todos esses que apostaram na cassaçao´e opior o prefeito nao ficou inelegivel vao ter que engoli-lo.eo pior agora ele sabe quem sao seus amigos de verdade que na frente o braça e por tras ficam tramando contra ele eo municipio.ruim disso que o pricipal articulador contra e do seu partido eo papulao todo ja sabe menos o prefeito

    ResponderExcluir