sábado, 3 de março de 2012

POEMA SOBRE DOUTRINA INÚTIL

Doutores de leis espirituais não devem mentir 

A verdade é o que liberta o 
ser humano da opressão, e por 
isso mesmo os mestres que 
mentem receberão pena dobrada 

WALQUER CARNEIRO

Meditando sobre a qualidade espiritual da raça humana nesta era atual me veio a inspiração do poema que transcrevo logo a baixo. O poema é apenas uma viagem de pensamento sobre atitudes daqueles que se exaltam com verdades pela metade aproveitando-se da fraqueza espiritual e emocional de alguns seres humanos.

DOUTRINÁRIA
Walquer Carneiro

A consciência aflora potente
No culto racional das doutrinas
Daqueles que anseiam controlar
As mentes fracas de desejos e querer.
Do alto de um palco iluminado
Ostenta uma verdade pela metade
Que roda e gira e vai sem saber
Para onde ou quando parar de pensar.
Embaixo e com os pés no chão
Uma multidão que busca uma saída
Para as incógnitas que a vida traz
Extasiadas pelas promessas que saem
De um alto falante  possante e claro,
Palavras que levam a quem ouve a crer
Que os erros são para sempre e pecados
Não podem se apagar matando a alma
Nas brasas do lago de fogo abrasador.
A Causa de Todas as Coisas está
Em todo lugar e quer que toda a verdade
Seja dita sem medo ou  timidez, agora
Ou em qualquer lugar, e aqueles que
Distorcem a verdade para levar vantagem
Levarão  por certo pena dobrada, pagando
Por ter feito as fracas mentes não entender
A simplicidade e essência d’Aquele que é.

Nenhum comentário:

Postar um comentário