sexta-feira, 10 de junho de 2011

POETANDO RAUL E HEMINGWAY

POR QUEM OS SINOS DOBRAM
Raul Seixas
Nunca se vence uma guerra
Lutando sozinho,
Cê sabe que a gente
Precisa entrar em contato.
Com toda essa força contida
E que vive guardada
O eco de suas palavras
Não repercutem em nada.
É sempre mais fácil
Achar que a culpa é do outro,
Evita o aperto de mão
De um possível aliado, é...
Convence as paredes do quarto,
E dorme tranqüilo
Sabendo no fundo do peito
Que não era nada daquilo.
Coragem, coragem,
Se o que você quer é
Aquilo que pensa e faz,
Coragem, coragem,
Eu sei que você pode mais.





Para ouvir Por Quem os Sinos Dobram com Raul clique AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário