domingo, 16 de janeiro de 2011

VERGONHA !


Ativistas são assassinados na Guatemala

Pessoas que compõe grupos de
movimentos sociais e de garantia 
de direitos humanos vêm sendo
sistematicamente assassinadas

FONTE: PORTAL VERMELHO

Os ativistas dos direitos humanos mais atacados na Guatemala em 2010 foram sindicalistas, ambientalistas e mulheres ativistas contra o tráfico de seres humanos. E o governo não tem sido capaz de proteger a vida e a segurança destas pessoas, disse Claudia Samayoa, diretora da Unidade de Proteção a Defensoras e Defensores de Direitos Humanos da Guatemala (UDEFEGUA), é o que denuncia o Centro de Repórteres Informativos sobre a Guatemala ( CERIGUA).

Samayoa disse que foram registrados pelo menos 294 ataques contra ativistas humanitários, entre janeiro e a primeira quinzena de dezembro, Alguns casos como o assassinato da socióloga Emilia Quan, ocorrido em Huehuetenango, tiveram condenação nacional e internacional, mas outros crimes ficaram no anonimato, como o de David Salguero, ocorrido em Petén.

Um comentário: