quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

# A MISTURA NO LICOR DO JÚBILO #

Alegria de todo dia é construída com tijolos de esperança

No decorrer da existência
muda-se as influências
que fazem causar
os momentos de felicidade

WALQUER CARNEIRO 


Alegria é um  estado de espírito, e esse estado de espírito é provocado por fatores externos como a situação politica e condição do transito ou fatores climáticos, além de que as   influências de ações de pessoas ao nosso redor também contribuem para o estado ou não de alegria. A alegria provoca no ser humano uma condição semelhante  à sensação causada pelo efeito de substância como o canabinol, por exemplo.

Como tudo na vida o estado de alegria tem que ser conquistado, e uma das chaves para se manter o estado de alegria é nos desfazermos das ansiedades decorrentes de nossas vontades exacerbadas. O estado de alegria não é abrir mão das responsabilidades, mas sim, cumprir com êxitos as nossas atividades diárias;  e ter a sensação do dever cumprido contribui para a construção de uma condição aonde a cada dia cedemos menos espaço à tristeza.

Quando jovem o que me mantinha alegre era sair a andar de bicicleta pela cidade e descobrir lugares novos pelas periferias,  ler um livro, escutar música e logo namorar; depois mais maduro me alegrava estar em casa com minha companheira e meu primeiro filho, mas sempre a tristeza campeava ao derredor, e depois com a chegada de mais filhos o espaço da alegria genuína foi escasseando mas sem nunca se extinguir.

Quando criança eu escutava uma velha canção que   afirmava que a felicidade não existe, o que existe são momentos felizes; mas o que a velha canção esqueceu de dizer é que devemos usar esses momentos felizes como tijolos emocionais para erguer uma resistente parede impedindo que turbilhões de tristeza invada nosso espírito, nossa alma, nossa mente e a nossa tenda existencial.

Hoje, depois de mais de meio século de eu ser Eu  a alegria ainda permeia minha existência, mas o vislumbre do crepúsculo da luz da minha energia vital contamina um pouco o licor do meu contentamento, mas não enfraquece as bases do meu júbilo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário