sábado, 15 de outubro de 2011

TRAGÉDIA NA IGREJA

Discussão causa morte de evangélico

Uma barraca de açaí na
exposição levou os dois
evangélicos a uma discussão
que acabou em tragédia

WALQUER CARNEIRO

No último final de semana (dia 8) mais  um caso de  assassinato engrossou a lista de mortes por motivo fúteis em Dom Eliseu, e desta feita o caso comoveu por envolver duas pessoas evangélicas.

O crime envolveu os nacionais identificados apenas  como Marconi, o criminoso, e Marçal Ribeiro a vítima, ambos membros de uma igreja evangélica de Dom Eliseu, e moradores no Bairro Esplanada.

De acordo com informações José Marçal era presbítero da Igreja Só o Senhor é Deus, e Marconi era diácono, e os dois começaram uma discussão dias atrás pelo motivo de Marconi ter participado da  festa de exposição onde ele botou uma barraca de vender açaí, e José Marçal não concordou e por isso decidiu que  Marconi seria disciplinado pela igreja.

Marconi ficou sabendo da decisão e não gostou da atitude do presbítero e,  por volta das 18:00 horas do dia 8,   foi até a casa deste para tomar satisfação, momento em que se iniciou uma altercação acalorada e Marçal pegou uma faca com a qual tentou agredir Marconi que estava armado de um revólver com o qual efetuou um disparo na direção da cabeça de Marçal que de imediato tombou sem vida.

Marconi vendo que acabara de tirar a vida de Marçal fugiu tomando rumo ignorado, sendo que logo em seguida a esposa de Marçal, a senhora Maura Eugênia foi até a delegacia de Polícia Civil onde registrou um boletim de ocorrência, a partir do qual a polícia iniciou uma investigação e buscas pelo paradeiro do assassino que ainda se encontra foragido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário