segunda-feira, 18 de abril de 2011

MANDATO CONTESTADO

Roseana Sarney na mira da justiça

A componente do clã dos Sarney
que ganhou o mandato pela
força política e influência do papai
pode perdê-lo por malversação do poder


WALQUER CARNEIRO


A governadora do Maranhão, Roseana Sarney, está tendo seu mandato contestado por três ações na justiça eleitoral por usos indevido da máquina pública às vésperas das eleições de 2010.

Roseana Sarney se apossou do governo daquele estado depois de uma briga no judiciário que tirou o direito legítimo do então governador Jackon Lago, eleito em eleições democráticas em 2006, na qual ele concorreu e disputou com Roseana dentro dos mesmos critérios eleitorais oficiais e extra oficiais.

Agora a governadora, que foi reeleita em 2010, terá que se explicar na justiça sobre o fato de ter utilizado espaço público para fazer campanha eleitoral, além de ter lançado mão do artifício de lançamento de um programa habitacional às vésperas da campanha eleitoral dando visibilidade ao seu nome, além de facilitar recursos da saúde para prefeituras de aliados políticos, prática característica do coronelismo oligarca.

As suspeitas são muito graves e as evidências apontam para a certeza dos fatos, tanto que para José Maria da Silva Fontinele , ex-candidato a deputado estadual pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), não é admissível que se utilize da máquina pública para ter ganhos eleitorais. “ O que houve na campanha roseanista foi a utilização direta e indireta da estrutura da Administração Pública, em vários locais, como escolas e ambulâncias”, disparou Fontinele ao Jornal Pequeno.

Para saber mais clique AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário