quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Trabalhadores informais ouvem palestra


A proposta da palestra foi  
orientar sobre as vantagens
da formalização em relação a
lei do empreendedor individual

WALQUER CARNEIRO

Trabalhadores informais de Dom Eliseu participaram de uma palestra onde foi mostrada a importância e vantagens da formalização de suas atividades. A apresentação foi realizada no Auditório do Salão de Eventos da Secretaria de Assistência Social nesta sexta-feira ( 26 ) das 07:00 às 09:00 horas, ocasião em que foi formada uma platéia composta por 77 pessoas que acompanharam a explicação feita por Airton Ribeiro, Analista do Sebrae.

O Programa Empreendedor Individual ( EI )  é  uma mobilização realizada junto aos municípios com ações de incentivo à formalização do trabalhador nas mais variadas áreas de atividades comerciais e de serviços informais.

O programa é voltado para  aquela pessoa que trabalha por conta própria, uma única pessoa dona de um negócio, sem vinculo de sociedade com outra pessoa ou empresa. Na ocasião foi mostrado o que é a lei do empreendedor individual, como proceder para a pessoa se beneficiar, quais as vantagens, quais os cuidados que o empreendedor individual deve ter. “A proposta da palestra foi  orientar sobre a questão da formalização em relação a lei do empreendedor individual,” disse Airton.

Para o pequeno empreendedor a formalização, é oportunidade de crescer com garantia de assistência social, se educando como empreendedor passando a ver a sua iniciativa com os olhos de empreendedor, e não como um simples trabalhador, colocando-se em outro patamar de valor social.

Para Messias Oliveira da Silva, 42 anos, morador no Bairro PDS, trabalhador informal na área de beneficiamento de arroz em uma mini usina de sua propriedade, a palestra foi esclarecedora.  Messias parou sua atividade com a mini usina porque adoeceu e foi obrigado a sair para fazer tratamento de saúde onde ele gastou todo o recurso obtido com sua atividade. “Se eu já estivesse formalizado  teria tido a garantia de assistência médica”, analisou.    
Messias pretende retomar a atividade e para isso vai aderir ao Empreendedor Individual e com a formalização ele pretende conseguir um empréstimo para reativar  seu negócio que está parado a alguns meses. “Como empreendedor individual eu posso conseguir empréstimo de maneira fácil, e é isso que eu preciso”, falou ele.   

De acordo com Airton Ribeiro as vantagens do trabalhador formalizado para o não formalizado é aquele  tem acesso a garantia dos benefícios como o auxílio acidente, aposentadoria, acesso facilitado  a crédito para investimento em melhorias no negócio. “Hoje são oferecidas muitas vantagens ao trabalhador formalizado, e na atual conjuntura não existem muitas vantagens para o trabalhador  que vive  na informalidade, e as vantagens fica para quem se formalizar”,  mostrou o analista.

Os benefícios do sistema estão sendo criados para atender a quem estiver inserido na formalidade valorizando esta categoria como cidadão, e esta é a oportunidade a oportunidade a  muito tempo esperada por  Sr. José Murilo da Silva, 59 anos, morador em Vila Ligação . Ele exerce a atividade de carpinteiro prestando serviços para pequenas fabricas de móveis e sempre sonhou trabalhar por conta própria. “O que mais me chamou atenção nesta palestra foi  a garantia de direitos proporcionados pela formalização como a aposentadoria”, disse José.
A mobilização realizada pelo Sebrae é um reforço no incentivo à formalização visando contribuir com a meta nacional de um milhão de empreendedores individuais regularizados até o fim de dezembro. A  formalização garantem o CNPJ, demais benefícios da formalização e direito à cobertura da previdência social a partir do momento que o formalizado pague uma taxa fixa mensal de 11% do salário miníno, mais R$ - 1,00 DE ICMS ou R$ - 5,00 de ISS.
SERVIÇO

Em Dom Eliseu contatos para mais informações e cadastramento
·         Loja da Amade, Avenida JK próximo ao lado do  Ginásio de Esportes.
Falar com a Leni
            Fone: ( 94) 8123-7637 ou ( 94) 8117-5403.

·         Sorveteria Sorvedom, Rua Nossa Senhora Aparececida em frente ao Mercado Municipal,  falar com Eldo José Ribeiro.
Fone: ( 94) 8113-3050

Nenhum comentário:

Postar um comentário